top of page
Buscar
  • Foto do escritorcottiarq

Quais são os tecidos ideais para quem tem pets?

Atualizado: 28 de ago. de 2023


A escolha ideal é de um modelo com o encosto e assento mais lisos, um design sem botões, costuras ou almofadas. Junto a isso, é aconselhável o uso de um tecido que seja impermeável, resistente, não puxe fios e seja de fácil limpeza.

Família composta de pais, filha e cachorro - deitados no tapete assistindo filme no laptop

Quem tem aquele cão ou gato em casa, sabe que por mais que a gente insista para que os pequenos não subam nos sofás e poltronas - a todo momento quando vemos - estão lá deitados como verdadeiros reis do pedaço!!

Amam se acomodar, principalmente com a companhia dos pais e mães de pets.



Os pequenos adoram esse momento com seus donos em um sofá macio e confortável, mas não podemos esquecer os danos que os pets podem causar nos mobiliários.

Portanto, é essencial saber quais são os tecidos ideais para quem tem pet e suas condições adequadas para cada caso.

menina sorrindo enquanto cachorro pula em cima dela no sofá

Tipos de tecidos:


  • Suede – é a textura mais comum para sofás, fabricado a partir de poliéster e possui toque macio. Sendo ele resistente e não tendo costume de puxar fios, então, é indicado para quem tem gatos, podendo passar o aspirador de pó.


  • Couro natural e sintético - é um tecido resistente aos odores dos pequenos, não absorve muita sujeira e tem fácil limpeza, o que o torna ideal para quem tem cachorro e gatos. Porém, podem marcar ou rasgar com facilidade. Para a limpeza deste material, utiliza-se aspirador de pó para a retirada dos pelos, e pano úmido para remover as sujeiras.


  • Sarja e lona - são tecidos mais resistentes, em razão disso tem um toque mais rígido. Confeccionados com fibras naturais de algodão ou fibras mistas com material sintético, resiste bem a arranhões e possui fácil limpeza. Mas não é um tecido naturalmente impermeável, tornando-se necessário que uma empresa especializada faça o serviço de impermeabilização para aumentar a durabilidade.


  • Linho sintético - pode ser bastante utilizado por ser prático no uso e manutenção diária, possui o toque mais confortável e agradável, porém é um material resistente para os pets menos vigorosos. Não é indicado para residências com filhotes ou gatos agitados demais.


  • Gorgurão – é um tecido com um menor custo, entretanto, precisa ser impermeabilizado. Este estofado segura o líquido por alguns minutos, o suficiente para você agir rápido em caso de acidentes. É fácil de lavar e resistente, em especial, às unhas dos gatos.

cachorro fazendo dengo após fazer xixi no sofá

  • Impermeável – é um tecido feito de poliéster e algodão, é muito utilizado em móveis para piscinas e áreas externas. Consegue suportar a ação do sol e repelir água, mesmo mantendo um toque de tecido natural e nada plastificado. É mais caro do que outras opções de revestimento para sofá, mas vai garantir boa durabilidade.


  • Tecido náutico – desenvolvido com alta tecnologia para manter suas características estruturais e a cores inalteradas, mesmo em contato com maresia e sol. Muito utilizado em móveis de áreas externas, é um tecido que não retém água, suas tramas são mais apertadas tornando-o mais resistente. Pode ser encontrado com texturas mais confortáveis, parecido com a de fibras naturais.


É importante realçar que não é aconselhável utilizar um tecido que a sua composição seja 100% natural, mas sim um misto, que tenha maior porcentagem de viscose e poliéster, promovendo uma maior flexibilidade ao estofado.

gato arranhando o sofá

Agora você já sabe quais são os tecidos ideais para quem tem pet - já pode realizar essa escolha com mais convicção!!!


A vida é curta demais para ficar preocupado com os móveis e não aproveitar essas fofuras em casa né?!



 
silhueta de uma pessoa

Texto :

Giulia Egito | Joyce Soares | Karen Chen

Comments


bottom of page